Paolo D'Aprile

Paolo D'Aprile

Nasci em 1963... sou um homem de meia idade! Moro em São Paulo desde 1989 e meu trabalho de fisioterapeuta me pôs en contato com as situações extremas de nossa cidade, desde as favelas até os "meninos de rua". Participei de vários projetos de inclusão por meio do exercício dos direitos civis. Quando crescer quero ser jogador de futebol, astronauta e bombeiro.

12.02.2021

Chick Corea: uma vida muito além do piano

Chick Corea: uma vida muito além do piano

Ganhei o ingresso de um amigo. Fui. E estou lá até hoje. Daquela sala de concerto nunca mais sai. Minhas perguntas continuaram sem resposta, como notas agudas suspensa no infinito, como um acorde dissonante sem resolução harmônica. No palco, o piano de cauda. Duas mãos imensas a desvendar mundos, abriam… »

11.02.2021

Terceira Carta aberta aos amigos brasileiros: praias lotadas, festas, egoísmo e COVID

Terceira Carta aberta aos amigos brasileiros: praias lotadas, festas, egoísmo e COVID

Caros amigos, quero continuar o discurso interrompido. Mais duas palavras, algumas linhas, cinco minutos de paciência. Aquilo a que estamos assistindo passivamente nessas longas e terríveis semanas, que muitos de nós transcorrem fechados em casa na tentativa heróica de lutar contra a pandemia, é a maior… »

08.02.2021

Segunda carta aos amigos brasileiros

Segunda carta aos amigos brasileiros

Caros amigos brasileiros,  Aqui estou eu de novo: é minha segunda carta aberta que tenho a pachorra de escrever com a ilusão de um dia ser lido e abrir o debate. A primeira, publicada corajosamente nessas páginas passou despercebida, foi lida por onze pessoas, uma… »

06.02.2021

Lava Jato e Mãos Limpas: nada a ver

Lava Jato e Mãos Limpas: nada a ver

O maior sucesso da Operação Lava Jato foi o controle da narrativa dos fatos, dos tempos e dos modos com os quais esses mesmos fatos eram direcionados “para os devidos fins”. O controle da informação e, principalmente, de sua divulgação, nunca seguiram os padrões jurídicos ou as regras… »

05.02.2021

Padre Júlio Lancellotti: O lado certo da História

Padre Júlio Lancellotti: O lado certo da História

Vi ontem um bicho Na imundície do pátio Catando comida entre os detritos. Quando achava alguma coisa, Não examinava nem cheirava: Engolia com… »

29.01.2021

Raimundo Matos, enfermeiro. Emerson Júnior, paciente

Raimundo Matos, enfermeiro. Emerson Júnior, paciente

Escrevo sem saber a história, sem conhecer o desenrolar dos fatos. Escrevo depois de ter lido o título e visto a foto. Escrevo sem poder imaginar o medo do Emerson, seu desamparo total em um mundo incompreensível, onde a dor domina absoluta. Escrevo sentindo-me envolvido pelo abraço-irmão dos braços de… »

28.01.2021

OS ASSASSINOS E SEUS CÚMPLICES: Bolsonaro “executou uma estratégia institucional de propagação do Coronavírus”

OS ASSASSINOS E SEUS CÚMPLICES: Bolsonaro “executou uma estratégia institucional de propagação do Coronavírus”

Corria o ano de 1969 quando na sede do clube mais exclusivo da cidade, o Ministro da Economia reuniu a “nata” da confederação local da indústria para um almoço de negócios. Depois da sobremesa e do café, os senhores do trabalho dos outros e do milagre econômico foram convidados a… »

20.01.2021

Mãos sobre a cidade, parte 3. Dim Dim Donde.

Mãos sobre a cidade, parte 3. Dim Dim Donde.

PATRIMÔNIO     Por Paolo D’Aprile     Tá venu, meu sinhô, esse adifício arto, grande, enorme, na imensidão do céu? Aqui era nossa casa véia. Aí, veio os homi pra derrubá, o dono mandô saí…  … »

18.01.2021

Mônica, a enfermeira que entra para a História do Brasil, representa o País que somos

Mônica, a enfermeira que entra para a História do Brasil, representa o País que somos

Mônica, 54 anos, enfermeira. Foi escolhida por ter participado da pesquisa, por ter trabalhado no departamento especializado desde o início, por pertencer ao grupo de risco. Ela diz que todos os dias, como se o perigo inerente à sua profissão não fosse suficiente, chega ao trabalho após uma longa viagem:… »

15.01.2021

Manaus morre sem oxigênio

Manaus morre sem oxigênio

Terra vermelha, avermelhada. É a primeira coisa que se nota ao chegar. A terra vermelha do Brasil. A terra vermelha que duas gotas de água são suficientes para transformá-la em lama pegajosa, em baba úmida, na paisagem característica de cada canteiro de flores da cidade, um pequeno jardim inocente sempre… »

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.